Como alimentar um gato filhote

Alimentar um gato filhote, pode ser uma dúvida muito comum para quem encontra um gatinho perdido sem a mãe

Gatos filhotes são considerados muito fofos e desejados por muitos, porém muita das vezes esses animais são encontrados sem a mãe em diversas situações.

Hoje em dia é muito comum pessoas encontrarem gatos perdidos em diversos locais , saber alguns cuidados com a sua alimentação pode ser algo bastante relevante para que o animal sobreviva e cresça com total saúde.

Os gatinhos filhotes nascem muito dependentes , os mesmos não conseguem se alimentar sozinhos e até mesmo fazer as suas necessidades.

Possuem total dificuldade para enxergar , não conseguem ficar em pé e ainda apresentam cordão umbilical.

Gatos perdidos sem o contato com a mãe , podem ir a óbito se estiverem longos períodos sem se alimentar.

Quando encontrar um gatinho filhote , é muito importante já logo alimentar o animal , pois muita das vezes não sabemos quanto o tempo o gato esta sem se alimentar.

Para acabar de vez com as dúvidas em relação a esse assunto , iremos apresentar algumas alternativas que podem ser de bastante eficiência para que o animal se alimenta de forma correta e evite futuros transtornos.

Veja também : Saiba tudo sobre gato em apartamento

Encontre uma gata para alimentar o filhote

Se você encontrar uma gata pronta para amamentar o filhote ,esteja atento se a mesma esta alimentando gatos proporcional a idade do gatinho encontrado.Esse detalhe vai facilitar bastante na hora do gatinho se alimentar em uma mãe adotiva.

Certamente a gata vai perceber que nem todos os filhotes são delas, porém na maioria das vezes ela aceita o novo filho adotivo.

Respeitar a aceitação da gata , se torna algo muito importante para evitar problemas futuros com o filhote e ao mesmo tempo não perder tempo.

Mas se caso você não encontrar uma gata amamentando ou ela recusar o filhotinho , não se preocupe existem outras alternativas eficientes para esse caso.

Como alimentar gatos filhotes sem auxilio de uma gata

Em alguns casos não é possível encontrar uma gata amamentando para auxiliar nessas horas, porém não se preocupe , existem outras alternativas que podem ser efetivas para a alimentação de um filhote.

A primeira coisa que devemos entender , seria que os gatos filhotes são considerados animais bem sensíveis e não podem ser alimentados com qualquer tipo de alimento.

Alimentos que são considerados prejudiciais aos gatos filhotes :

  • Alimentos que contenham cafeína;
  • Produtos industrializados para humanos;
  • Alimentos exclusivos para cães;
  • Leite e outros derivados;
  • Alimentos que apresentam alto índice de carboidratos e açucares.
    Todos esses tipos de alimentos , certamente devem ser evitados em qualquer fase de vida do animal em especial quando filhote.

A forma correta de alimentar um gato filhote :

Como falado anteriormente , existem forma alternativas para alimentar um gato filhote . A seguir separamos algumas formas simples e seguras para a alimentação:

  • Leites específicos para gatos filhotes encontrados em pet shops podem ser uma ótima alternativa , evite leite de vaca pois o mesmo pode ser prejudicial a saúde do animal;
  • Leites sem lactose pode ser uma ótima opção para um período curto de alimentação,porém não pode tornar-se uma alimentação permanente . Os conhecidos leites de sojas também são facilmente encontrados em mercados e podem auxiliar nessas horas.
  • A água usada para cozinhar alguns alimentos , também pode ser usada para uma alimentação provisória do animal.

Preste bastante atenção em alguns sintomas apresentados pelo gatinho , sinais como diarréia , emagrecimento e perda de apetite , podem indicar que a alimentação não anda bem. Procure imediatamente um médico veterinário de sua confiança para os procedimentos necessários.

Esteja sempre atento aos sintomas e comunique imediatamente a um veterinário de estimação

Alguns serviços dependem de agendamento, consulte-nos.

Não se esqueça de sempre estar atento com seu animal de estimação, e qualquer sintoma diferente,comportamento, sempre é bom leva-lo a um veterinário para uma avaliação, isso sempre evitará que o animal tenha doenças avançadas e confirme que ele está bem, garantindo sua saúde sempre em dia.

Não há comentários ainda.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.