Febre em gatos, saiba mais sobre o assunto

Hoje em dia é muito comum os donos de gatos, terem dúvidas em relação a febre em gatos. Pensando nisso, resolvemos criar esse artigo para tirar todas as dúvidas relacionadas ao assunto.

Os gatos são animais bem comuns nas famílias brasileiras , problemas de saúde muita das vezes podem trazer preocupações para a família do pet. Quando se fala em febre em gatos, alguns sinais e sintomas, podem ser detectados por todos, facilitando o encaminhamento do animal para um profissional veterinário.

 

Os gatos sem dúvidas, apresentam formas de mostrarem que estão apresentando um estado de febre. A maioria das pessoas não conseguem perceber  que eles estão apresentando algum tipo de desconforto, pois os mesmo  são animais totalmente reservados. Na maioria das vezes nesse tipo de situação, eles podem ficar mais retraídos.

Mais adiante iremos explicar detalhadamente uma série de comportamentos e sinais que podem ser indicativos de febre.

Como todos sabem, a febre se trata de um sinal no corpo, que existe algo de errado. São algumas situações patológicas que causam febres em gatos:

  •  Infecções
  • Reação a alguns medicamentos
  • Algumas lesões
  • Cânceres
  • E outros fatores

Procure sempre o Médico Veterinário para uma avaliação de seu gato.Conheça alguns sinais de alerta importantes para a detecção de febre em gatos.

Em algumas situações como por exemplo , esforço físico intenso,  pode ocorrer  variação na temperatura corporal no animal, portanto é muito importante prestar atenção,  se existe algum comportamento anormal no seu gato  e encaminhar diretamente para um hospital veterinário ou clínica veterinária se sua confiança.

São alguns sinais importantes serem notados em seu gato :

  • Normalmente o nariz do animal deve estar úmido, em caso de febre, ele pode se apresentar de forma ressecada.Esse tipo de sinal precisa ser avaliado com critério, pois nem sempre isso quer dizer que o gato esta apresentando um quadro de febre.
  • A respiração do animal fica mais rápida quando ele está apresentando quadro de febre. Os batimentos cardíacos ficam bem mais acelerados que o normal.
  • O seu gato durante o quadro de febre, sem dúvidas vai se sentir cada vez mais cansado e apático, a sua mudança de comportamento é um fator chave para detectar algum problema.
  • Uma pista muito importante também, são as patas e orelhas quentes do gato, tocar suavemente essas áreas e sentir a temperatura pode ser bastante válido.
  • Perder o apetite é um sinal muito importante a ser observado, normalmente gatos apresentando quadros de febres, não conseguem se alimentar normalmente.

Importante ficar atento em algumas situações , quando ocorre suspeita de febre.

Não medique seu gato em casa

Muitas pessoas acham que irão resolver o problema dando medicamentos ao gato. Na verdade isso pode acometer a saúde do animal,  e em alguns casos ter complicações irreversíveis. Lembre-se que só o médico veterinário é o profissional indicado para fazer esse tipo de tratamento.

Não tente aferir a temperatura do gato em casa

A temperatura do gato deve ser aferida pelo médico veterinário por via retal, portanto não procure outros meios de fazer esse tipo de procedimento, evite qualquer tipo de acidente com seu pet. A temperatura dos gatos pode chegar até a 39,5 graus sem ser considerada febre.

Alguns desses serviços dependem de agendamento, consulte-nos.

Não se esqueça de sempre estar atento com seu animal de estimação, e qualquer sintoma diferente,comportamento, sempre é bom leva-lo a um veterinário para uma avaliação, isso sempre evitará que o animal tenha doenças avançadas e confirme que ele está bem, garantindo sua saúde sempre em dia.

 

Deixe uma resposta