Micose em cães

A micose em cães se trata de um problema bastante comum entre várias raças de cachorros.

Quem nunca se deparou com um cão se coçando sem parar?

A coceira em cães, podem ter diversas origens, até mesmo podem ser considerados problemas de origem grave.

A micose em cães tem sua origem causada por fungos, que não são tão agressivos e podem ser tratados e eliminados por um médico veterinário.

Veja também : Clínica Veterinária

O fungo Microsporum agente responsável pela micose canina, pode ser transmitido através do contato direto do cão saudável com o cão doente ( ou objetos usados por esse tipo de animal).

O Microsporum também pode infectar os humanos através do contato direto.

Existem outros fungos que podem ser transmitidos através de roedores e por meio da proximidade do focinho do cão com o chão.

Quais são os sintomas da micose em cães

Existem casos que os cães podem estarem infectados e não apresentarem nenhum sintoma importante.

São alguns sintoma que devem ser notados nesses animais:

  • Coceira constante;
  • Machucados em várias regiões no corpo;
  • Falha na pelagem;
  • Crostas na pele.

Como prevenir a micose em cães

Manter o animal sempre limpo e seco se torna de grande ajuda para a prevenção da micose em cães.

Além disso saber avaliar o contato do cão com outros animais doentes se torna de grande importância para evitar o problema.

As consultas de rotina com o médico veterinário são de grande importância para a prevenção e tratamento desse tipo de doença.

Tratamento da micose em cães

O tratamento da micose em cães pode ser bem simples se tratado de forma correta com um médico veterinário competente.

Normalmente o tratamento  é feito com cremes e pomadas e pode ser adicionados antifúngicos via oral para melhor resultado.

Esteja sempre atento aos sintomas do seu animal de estimação e comunique diretamente a um médico veterinário de sua confiança.

Alguns serviços dependem de agendamento, consulte-nos

Deixe uma resposta