Conheça mais sobre a cistite em gatos

A cistite em gatos , é uma doença bastante comum que atinge felinos por todo o mundo.Porém pode ser tratada com segurança por um profissional médico veterinário competente.

Após  ler esse texto, você vai obter todas as informações necessárias sobre o tema.Lembrando que as informações contidas aqui, não substituem uma avaliação do médico veterinário.

Nos felinos , ao contrário de outros animais, a doença raramente é causada por bactérias, podendo ter sua origem através de outros fatores.

A cistite em gatos, se não tratada  pode evoluir para quadros clínicos mais sérios,podendo acometer de forma grave a saúde do seu animal de estimação.

Conhecendo um pouco mais a cistite em gatos

De forma frequente, a doença é diagnosticada como Cistite Idiopática ( Causa desconhecida ). A doença causa uma inflamação na bexiga do gato, que acaba incluindo o espessamento da parede do órgão e alteração na mucosa vesical do felino.

Todo esse processo, pode causar total desconforto para o animal de estimação , e além disso ,pode acontecer sérias complicações caso não tenha o tratamento eficiente.

Apesar de ser um problema que pode acometer e trazer desconforto para seu animalzinho de estimação, o tratamento é bastante efetivo quando feito em uma clínica veterinária de qualidade.

Veja também : Hematúria – Sangue na urina de cães e gatos 

Conheça alguns fatores que podem causar cistite em gatos

Existem alguns fatores que podem contribuir para o aparecimento de cistite em gatos,principalmente quando se trata dos hábitos apresentados pelos felinos e pelos cuidados prestados pelos seus donos . O fator idade também se torna uma variável relevante,  podendo haver o aparecimento da doença  em gatos de dois a seis anos de idade.

A seguir separamos alguns fatores que podem ser relevantes para o aparecimento da doença:

  • Obesidade
  • Diabetes
  • Tumores
  • Pedras na bexiga
  •  Rações de má qualidade
  •  Estresse
  • Pouca ingestão de água

Conheça os sinais e sintomas das cistites em gatos

Saber quando algo não esta certo com o seu pet , é algo muito importante para ajudar o médico veterinário diagnosticar diversos tipos de patologias. Assim como em outras doenças, a cistite em gatos apresenta alguns sinais e sintomas que podem ser observados por donos de animais de estimação.

São alguns sinais e sintomas que devem ser observados:

  • Diminuição da urina
  • Desconforto ao urinar
  • Animal urina em lugares inapropriados
  • Lambe a área dos genitais com mais frequência

Como prevenir a cistite no seu gatinho de estimação

Manter cuidados e hábitos saudáveis com o seu gato de estimação, certamente pode ajudar na prevenção de diversos tipos de doenças.

A seguir , separamos uma série de atitudes, que podem ajudar na prevenção de cistite em gatos de estimação:

Prestar atenção na hidratação do gato

Manter o gato de estimação hidratado, sem dúvidas é muito importante para a saúde do seu bichano. Esteja sempre atento no hábito de hidratação do seu animal, prestando atenção se o bebedouro está sempre limpo e organizado.

Manter a caixinha de areia organizada para micção

Quando a caixinha de areia do gato esta organizada e limpa , sem dúvidas serve de estímulo para o animal manter o hábito de urinar.

Promover uma alimentação de boa qualidade

As rações de baixa qualidade e alimentação sem regras incluindo alimentos humanos sem dúvidas, podem trazer problemas urinários, como cálculos e cistite.

Animal apresentando Estresse

Os gatos por serem animais totalmente independentes, costumam ter momentos solitários e outras vezes aceitam a presença de outras pessoas. È muito importante o gato ter suas vontades emocionais respeitadas, para evitar problemas futuros.

Como acontece o tratamento da cistite em gatos ?

Ao notar alguma alteração no seu animalzinho de estimação, encaminhe o mesmo diretamente para um médico veterinário de sua confiança.

Em primeiro lugar, o médico veterinário irá fazer uma avaliação do estado de saúde de animal , podendo fazer solicitações de exames e em seguida prescrição de medicamentos. Podendo incluir : antibióticos, anti-inflamatórios e analgésicos.

Em alguns casos clínicos, se faz necessário o médico veterinário  fazer a indicação de medicamentos ansiolíticos e antidepressivos. Nesse caso será prescrito, se o animal tiver passando por problemas de origem psicológica como o  estresse .

Esteja sempre atento a saúde do seu animal de estimação, procure sempre procurar o médico veterinário em caso de alguma alteração. Marcar consultas de rotina, pode ser um hábito bastante efetivo para evitar diversos tipos de problemas

Esteja sempre atento aos sintomas e comunique imediatamente a um veterinário de estimação

Alguns serviços dependem de agendamento, consulte-nos.

Não se esqueça de sempre estar atento com seu animal de estimação, e qualquer sintoma diferente,comportamento, sempre é bom leva-lo a um veterinário para uma avaliação, isso sempre evitará que o animal tenha doenças avançadas e confirme que ele está bem, garantindo sua saúde sempre em dia.

 

Não há comentários ainda.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.